Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Notícias

Seminário de Pecuária Familiar chega ao interior de Jaguarão

     A FETAG dá sequência hoje (18) aos Seminários de Pecuária Familiar. Desta vez é na propriedade de Vitelmo do Arte, localizada no interior de Jaguarão, uma promoção da Federação, e dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Arroio Grande e Jaguarão. “Este seminário”, lembra Guilherme Velten Júnior, assessor de Política Agrícola e Meio Ambiente da FETAG, “é continuidade do realizado em Arroio Grande, no mês de dezembro, oportunidade em que foram tratados Manejo de Campo Nativo, Sanidade Animal, Evolução do Status Sanitário, Manejo Reprodutivo e Organização da Produção e Comercialização”, disse.

     No sentido de dar uma melhor dinâmica aos eventos, a FETAG optou por desmembrar os temas em seminários de um dia, em diferentes regiões de acordo com suas peculiaridades. Na propriedade de Vitelmo, o assunto é Sanidade Animal e Evolução do Status Sanitário. As atividades e funções desenvolvidas pelas Inspetorias Veterinárias da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR); Organização da Produção e Comercialização da Lã Ovina; Organização da Produção, Comercialização e Controles e Manejos da Brucelose e da Tuberculose – MAPA.

     Com mais de 40 pecuaristas familiares presentes, participaram da abertura, além do anfitrião, Vitelmo do Arte, o presidente do STR de Arroio Grande e Jaguarão, João Cezar, Ministério da Agricultura representado por Rodrigo Pereira, a SEAPDR por Valmor Lansini, o Secretário da Agricultura de Jaguarão, Lindolfo Holdefer, e o diretor da FETAR, Gabriel Santos, também secretário do STR de Arroio Grande.
     Para o vice-presidente da FETAG, Nestor Bonfanti, diretor responsável pela Pecuária Familiar, está sendo gratificante ver que a nova forma com que está sendo trabalhada a organização da pecuária familiar, com a mudança de foco das palestras e dos assuntos, está havendo maior interação dos   e, principalmente, dos pecuaristas familiares, que necessitam deste auxílio, completou Bonfanti.

    Na parte da tarde terá uma interação entre os palestrantes e os pecuaristas, na propriedade de Vitelmo, que tem pecuária de leite chegando a produzir mais de 1.100 litros/dia.

 

Assessoria de Imprensa – 18/04/2019 – Luiz Boaz