Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Notícias

Projeto Nação Agro hoje em Rio Pardo

     O Parque de Exposições da Expoagro Afubra, em Rio Pardo, abriu hoje (11) para um evento diferenciado: a Caravana do Projeto Nação Agro, que ontem esteve em Canguçu e amanhã sobe a serra até Caxias do Sul. Mais de 200 pessoas estão acompanhando a programação, que teve na abertura as participações do presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, e do presidente do Canal Rural, Júlio Cargnino. Por sinal, Júlio deu uma boa notícia para todo o Brasil: o Projeto Nação Agro, que iniciou no dia 2 de outubro, em Tangará/SC, e seria restrito à Região Sul, inicialmente com cinco eventos, acaba de ser expandido para todo País. “O Projeto Nação Agro já está confirmado em mais de 70 encontros marcados e, agora, em âmbito nacional”, adianta Cargnino.
     A professora pós-graduada em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Santa Cruz, Cidônea Machado De Ponti, falou do AgUrb, sistemas agroalimentares sustentáveis e resilientes (fortes). Cidônea visualiza as seguintes tendências para a agricultura familiar: Sistemas alimentares saudáveis, com redução do desperdício e menos agroquímicos; compras institucionais de alimentos e programas de alimentação escolar; transformações nos mercados e nos padrões de consumo de carnes; políticas de abastecimento alimentar (circuitos curtos) e agricultura urbana/periurbana e pedagogia alimentar. Por sinal, em setembro ocorreu na UFRGS a III Conferência Internacional Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada (AgUrb), após duas edições bem-sucedidas na Europa (Holanda em 2012 e Itália em 2015).
     O consultor da Safras&Cifras, Marcelo Bolzoni, ao falar sobre o tema Gestões Financeiras das Propriedades Rurais, questionou aos presentes: o que queremos deixar para as próximas gerações: heranças ou legados?
     O Case de sucesso foi apresentado pelo fumicultor José Lauro Kist, que diversifica a atividade com a produção de milho em sua propriedade de 16 hectares em Rio Pardo, dos quais a metade é utilizada para a cultura tabageira. A diversificação foi um dos principais assuntos da COP8 realizada na semana passada em Genebra, na Suíça. Kist não tem dúvidas de que o campo é um lugar para viver e viver bem. 
     O Projeto Nação Agro consiste na organização de caravanas técnicas e reportagens com histórias de sucesso da agricultura familiar, que serão veiculadas em todo Brasil pelo Canal Rural. Joel disse que a Federação tem orgulho em contar com a parceria da Mahindra e do Canal Rural para desenvolver o Nação Agro, um projeto que vai mostrar ao Brasil as potencialidades do setor. “É fundamental para a agricultura familiar ter empresas que acreditam na força do campo e da nossa gente”, finaliza.

Mais informações: Carlos Joel da Silva (51) 9 9314-5750

Assessoria de Imprensa – 10/10/2018 – Luiz Boaz