Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Informativo

INFORMATIVO N° 1.295

Informativo Fetag e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais// Um programa da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul e dos 316 Sindicatos filiados.// Transmitido em todo o Estado com informações para o trabalhador e a trabalhadora rural./

A VOZ DA FETAG/
www.fetagrs.org.br

FETAG FAZ SUCESSO NA 41ª EXPOINTER E 20ª FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR/
Com um resultado acima de 40% nas vendas do Pavilhão da Agricultura Familiar, o programa desta semana conversa com o secretário-geral da FETAG, Pedrinho Signori, sobre essa expansão./

Em seguida é a vez de Jocimar Rabaioli, assessor de Política Agrícola e Agroindústrias, destacar os pontos positivos, o que precisa ser melhorado para 2019 e, ainda, projeta as próximas feiras./

Alberto Broch, vice-presidente da CONTAG, revela o que acha da Expointer./

E, para encerrar, o diretor de Política Agrícola e Cooperativismo da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais fala da presença da delegação mineira na 20ª Feira da Agricultura Familiar.///

AS NOTÍCIAS DA FETAG TAMBÉM ESTÃO NO FACEBOOK/
Curta a Página Oficial da FETAG-RS na rede social Facebook e tenha informações atualizadas sobre a Agricultura Familiar e o Movimento Sindical do estado e país. // Não perca tempo e curta a nossa página!///

“SEJA CIDADÃO. VALORIZE SEU VOTO!”
A FETAG lançou a campanha de Valorização do Voto às eleições em outubro./ A Federação e o conjunto do movimento sindical entendem que o voto é a chance concreta para exercer a cidadania./ Existe uma desilusão com a classe política, com os desmandos nos três poderes, a impunidade, a falta de respeito com o cidadão, os direitos e com o dinheiro público./

Diante deste contexto, a FETAG defende a participação cidadã de todos através do voto consciente, tendo em vista que anular o voto não tem nenhum efeito./ A Constituição Federal considera apenas os votos válidos para eleição de um candidato./ A ideia de que se metade dos eleitores votarem em branco ou nulo haverá outra eleição é mentira./ Pelo contrário, quanto menos votos válidos houver maior a possibilidade de um mau candidato se eleger./ Portanto, a FETAG acredita que não é possível se omitir e abdicar do direito legítimo de decidir o que queremos para o Brasil./ Seja Cidadão e Valorize seu Voto!///

FETAG VAI APRESENTAR PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE BIOMAS/
A FETAG iniciará na segunda-feira, dia 10, um roteiro para apresentação do Projeto de Recuperação de Biomas, que será realizado pela diretoria e assessoria, em sete  regiões do Estado./ A finalidade deste cronograma, que se reveste em um importante espaço para que o Movimento Sindical dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (MSTTR) conheça o projeto que, inicialmente, tem por objetivo mostrar às lideranças seus benefícios, tanto para os sindicatos como para os agricultores, seja na aquisição de mudas nativas no Bioma Mata Atlântica ou para o manejo conservacionista no Bioma Pampa./
Em um segundo momento está prevista uma capacitação para funcionários, enfocando a abordagem sobre o projeto, a forma de preencher os formulários e operação do sistema, que será simplificado e compatível com o Cadastro Ambiental Rural – CAR./ Em um segundo momento, continua o assessor, está previsto um trabalho de capacitação para funcionários, enfocando a abordagem sobre o projeto, a forma de preencher os formulários e operação do sistema, que será simplificado e compatível com o Cadastro Ambiental Rural – CAR. “O mais importante de tudo não é o plantio das mudas ou o manejo, mas sim o retorno que o agricultor terá ao aderir ao projeto, que consiste na preservação via manejo sustentável sem perder o rendimento financeiro. Além disso, mostrará à sociedade que ele não é o vilão do meio ambiente, conforme percepção criada ao longo do tempo, que acaba por penalizá-lo”, justifica.

Os locais de apresentação do projeto serão nos respectivos sindicatos, com início às 9h e término às 14h30min, de acordo com o calendário abaixo:
DATA                   LOCAL                         REGIONAIS DA FETAG
10/09                  Encantado                    Vale do Taquari e Serra do Alto Taquari.
11/09                  Porto Alegre                 Litoral; Camaquã; Vale do Caí e Sinos Serra.
18/09                  Candelária                   Quarta Colônia; Santa Maria; Vale do Rio Pardo e Centro Serra.
19/09                  Santo Ângelo                Missões I; Missões II; Santa Rosa; Ijuí e Três Passos.
25/09                  Veranópolis                  Serra; Serra do Alto Taquari e  Campos de Cima da Serra.
26/09                  Passo Fundo                 Alto Jacuí; Médio Alto Uruguai; Passo Fundo e Alto Uruguai.
27/09                  Pinheiro Machado          Sul e Fronteira.

ENTIDADES E FUMAGEIRAS INICIAM ALINHAMENTOS À SAFRA/
A Comissão de Representação dos Produtores de Tabaco realizou nos dias 4 e 5  reuniões com as fumageiras na sede da Afubra, em Santa Cruz do Sul./ Em pauta a análise dos resultados das pesquisas sobre a safra passada (2017/2018), um estudo da participação por classes, subclasses e tipos e análise das diferenças entre os tipos 1 e 2, para serem propostos novos valores às empresas./ Os encontros marcaram, também, os primeiros alinhamentos para a safra 2018/2019./ O vice-presidente da FETAG, Nestor Bonfanti, e integrantes da Comissão Estadual do Fumo da FETAG estão presentes./

Já os números finais da safra 2017/2018, nos três estados do Sul do Brasil, apontam uma produção de 685.983 toneladas, em uma área de 297.460 hectares e uma produtividade média de 2.306 quilos/hectare./ O preço médio por quilo ficou em R$ 9,15, com um faturamento total de R$ 6.278.431.841,00./

“O mercado internacional está focado no Brasil em tabacos maduros com qualidade./ Pensando neste mercado e nesta produção, a representação dos fumicultores entende que, para chegarmos neste produto, é muito importante a condução da lavoura desde o plantio./ Como estamos no início da safra 2018/2019, se faz necessário discutir amplamente a orientação técnica com cada empresa, qual o modelo de assistência usada e se esta orientação atinge o resultado do produto que o mercado necessita”, explica a Comissão./ Outro ponto abordado foi a recomendação de que os produtores realmente plantem somente o que foi registrado com sua empresa fumageira integradora./ “Precisamos sempre adequar a oferta ao mercado”./

Também foi debatida a participação das classes, subclasses e tipos na classificação do pé de tabaco./ “Avaliamos a participação das classes (X, C, B e T), subclasses (O, L, R e K) e tipos (1, 2 e 3), com a preocupação de que o fumicultor não seja prejudicado na hora de comercializar sua safra”, revela a Comissão./ Uma próxima rodada de reuniões será marcada para dar seguimento ao assunto.///

REGIONAL TRÊS PASSOS FORTALECE COMISSÕES DE JOVENS/
A Regional Sindical Três Passos da FETAG, com a Emater Ascar/RS (através das micro de Tenente Portela e Três Passos) realizaram de 4 a 6 de setembro vários roteiros intermunicipais, que têm por objetivo preparar a juventude trabalhadora rural para o III Encontro Regional da Juventude Rural, que acontecerá no dia 24 de novembro na localidade de Rincão Reúno, município de Campo Novo./

A programação iniciou por Redentora, que contou com a participação de jovens dos municípios de Coronel Bicaco, Miraguaí e do município anfitrião./ À tarde, o grupo seguiu para Campo Novo, o qual atendeu jovens de Braga e da localidade./ Ontem (05) o evento seguiu para Derrubadas, que contará com a presença ainda de jovens de Barra do Guarita, Vista Gaúcha e Tenente Portela./ À tarde eles se deslocaram a Três Passos, atendendo um público de Esperança do Sul, Bom Progresso, Humaitá, Tiradentes do Sul e Três Passos./ E para fechar o roteiro, hoje (6) é a vez de São Martinho, com jovens de Crissiumal, Sede Nova e do município./

O roteiro conta com a participação de Diana Hahn Justo, 1ª secretária da FETAG e coordenadora estadual da Juventude Rural, acompanhada da assessora Anajá Teixeira./ “Temos a compreensão que o trabalho é de formiguinha e lento, porém extremamente necessário e fundamental irmos ao encontro dos jovens rurais para promover a sua permanência no campo, fazendo com isso a sucessão rural, sindical e social”, justifica Jaqueline Remonti assessora da Regional Três Passos.

PNCF: COMISSÃO DE POLÍTICA AGRÁRIA REALIZA CAPACITAÇÃO/
A Comissão Estadual de Política Agrária da FETAG agendou para o dia 14 de setembro uma programação de Capacitação de Crédito Fundiário, das 9h às 17h, na sede da Federação, em Porto Alegre./ A pauta já foi definida e vai tratar sobre os seguintes assuntos:

- Definições e estratégias do MSTTR para a retomada do Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF;
- Capacitação técnica com equipe da Unidade Técnica Estadual (UTE/RS) e Subsecretaria de Reordenamento Agrário/SRA (SIGCF, Chek-list, Fluxo Operacional e Ater)./
Cada Regional Sindical deverá indicar a participação de um representante com experiência na operacionalização do PNCF para ser a referência-multiplicador na regional, na retomada do programa./ A FETAG solicita que a indicação seja feita até o dia 12 de setembro, através do e-mail: politicaagricola@fetagrs.org.br. ///

CEASA PARTICIPA DE REUNIÃO NA FETAG NO DIA 18/09
No dia 18 de setembro está marcada uma reunião da Comissão Estadual de Hortifrutigranjeiros da FETAG, a partir das 9h, na sede da Federação, em Porto Alegre./ A direção da Ceasa confirmou presença, oportunidade em que fará esclarecimentos sobre a aplicabilidade da Instrução Normativa N° 02, que diz respeito à  cadeia de produtos vegetais frescos e importados, quando destinadas ao consumo humano./ Também será apresentado o funcionamento da Ceasa./ As confirmações devem ser feitas até o dia 11 de setembro pelo e-mail secretaria@fetagrs.org ///

EMPOSSADAS DIRETORIAS DOS STRs DE ROQUE GONZALES E SÃO VICENTE DO SUL/
O presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, empossou duas novas diretorias e Conselhos Fiscais no início da semana./ A primeira delas foi no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Roque Gonzales, na segunda-feira, dia 3 de setembro, quando o ex-assessor de Política Agrícola da FETAG, Márcio Langer, assumiu a presidência do STR./ E no dia seguinte foi a vez de dar posse a João Waldemar dos Santos, presidente do STR de São Vicente do Sul, e aos demais integrantes.///

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL É REAJUSTADA/
A Contribuição Sindical dos Agricultores e Agricultoras Familiares teve seu valor reajustado no início de 2018. / Previsto no art. 149 da Constituição Federal, na CLT (artigos 578 e seguintes) e no Decreto-lei 1166/71, a Contribuição Sindical é amparada legalmente, sendo que cada categoria contribui para o seu sindicato – dessa forma, os trabalhadores rurais também se enquadram nesta legislação./

A Contribuição Sindical dos(as) Agricultores(as) Familiares é realizada para o Sistema Confederativo – CONTAG – FETAG e Sindicato dos Trabalhadores Rurais./ Ela é devida por toda a categoria, trabalhadores(as) ou empregados(as). / Ou seja, todos aqueles que são trabalhadores rurais e não possuem empregados e exercem a atividade rural, individualmente ou em regime de economia familiar, sendo proprietário, arrendatário, parceiro, meeiro ou comodatário./

Para a tesoureira geral da FETAG-RS, Elisete Hintz, a Contribuição Sindical é uma das formas de manter o Movimento Sindical atuante, forte e em constante luta para assegurar o direito dos agricultores familiares./ Elisete reitera que embora a Contribuição seja facultativa, é uma obrigação dos agricultores(as), pois quando da conquista de um benefício para a classe todos recebem as melhorias./
O valor da Contribuição Sindical da Agricultura Familiar referente ao exercício 2018 é de R$ 33,00 (trinta e três reais) por membro do grupo familiar. ///