Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Informativo

INFORMATIVO N° 1.241

Informativo Fetag e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais// Um programa da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul e dos 316 Sindicatos filiados.// Transmitido em todo o Estado com informações para o trabalhador e a trabalhadora rural./

A VOZ DA FETAG/
www.fetagrs.org.br
O Programa A Voz da FETAG, que é gravado no estúdio de rádio na sede da Federação, em Porto Alegre, traz notícias e entrevistas todas as semanas./ Ele pode ser acessado no site www.fetagrs.org.br / Confira as entrevistas da semana:/

1) CERTIFICADO FLORESTAL/
O que é? Quem precisa fazer? Vale por quanto tempo? Quem não fez, qual o procedimento a adotar?/
Todas essas perguntas são respondidas por Guilherme Velten Júnior, assessor de Política Agrícola da FETAG/

2) CRISE NO LEITE/
A Comissão Estadual do Leite da FETAG e os coordenadores regionais estiveram reunidos no dia 26 de janeiro em busca de novas estratégias para amenizar os efeitos da crise que o produtor enfrenta./
O assessor de Política Agrícola da FETAG, Márcio Langer, fala sobre as decisões tiradas na reunião e faz algumas projeções para o setor leiteiro. Ele reitera que a tendência é de melhoria nos próximos meses.

AS NOTÍCIAS DA FETAG TAMBÉM ESTÃO NO FACEBOOK/
Curta a Página Oficial da FETAG-RS na rede social Facebook e tenha informações atualizadas sobre a Agricultura Familiar e o Movimento Sindical do estado e país. // Não perca tempo e curta a nossa página!///

GOVERNO CONFIRMA RURAIS FORA DA REFORMA PREVIDENCIÁRIA
O presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, ao avaliar o texto lido pelo  relator da reforma da Previdência Social na Câmara dos Deputados, deputado Arthur Maia, ontem (8), o qual fora referendado pela manhã em reunião da CONTAG com o líder do governo, Aguinaldo Ribeiro, disse que se confirma o que a FETAG-RS vinha defendendo./ “O governo federal está cumprindo até agora o que foi tratado lá em dezembro do ano passado, ou seja, para os rurais não muda em nada a reforma”, enfatizou./  A FETAG-RS esteve representada por Elisete Hintz, tesoureira-geral./

Na reunião com Ribeiro, ficou definido que a CONTAG redigirá o texto final da reforma que diz respeito aos trabalhadores rurais./ No dia 20 de fevereiro, a CONTAG, com mais um representante de cada Federação, vai protocolar com o governo a proposta dos rurais./ “Diante destes últimos acontecimentos, se mantém a palavra do governo e estamos confiantes de que se de fato houver Reforma da Previdência Social os rurais permanecerão como estão”, observa./

Mesmo assim, continua Joel, a FETAG e o conjunto do movimento sindical segue vigilante para que não haja surpresa./ Porém, até agora, tudo se encaminha para um desfecho feliz./ Além disso, a abertura que foi dada à CONTAG para redigir é um fator positivo que precisa ser valorizado./ “E tudo graças às mobilizações. Então, valeu todo o esforço da FETAG, dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e dos agricultores, que participaram das manifestações, bem como das Câmaras de Vereadores, que pressionaram junto aos deputados e hoje colhemos os frutos desse  trabalho bem feito”, completou Joel.///

FETAG PARTICIPA DO LANÇAMENTO DA EXPODIRETO COTRIJAL/

A19ª edição da Expodireto Cotrijal foi lançada no dia 6 de fevereiro em Porto Alegre./ O ato reuniu autoridades, imprensa, patrocinadores e representantes de entidades ligadas ao agronegócio e cooperativismo, entre eles o presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva./ Os portões em Não-Me-Toque se abrem com os holofotes ainda mais voltados para o debate sobre a agricultura digital, a tecnologia e a inovação no campo./ Entre os dias 5 e 9 de março serão mais de 500 expositores, oferecendo para mais de 240 mil pessoas o que há de melhor em soluções e serviços para a agricultura e pecuária./ Além disso, o Pavilhão da Agricultura Familiar estará com as agroindústrias, artesanatos  e flores./   

Joel destacou o fato da Expodireto ser uma vitrine para a agricultura gaúcha, feira que se tornou destaque não só no Brasil como no mundo inteiro./ “Ao longo de cinco dias, a Cotrijal será palco das tecnologias para a agricultura, bem como para o debate dos principais problemas que enfrentam o setor, entre eles um dos principais é o preço dos produtos, que inviabiliza o agricultor./ Vamos ter a oportunidade de discutir com as autoridades os preços do milho, do arroz, do leite, bem como os demais produtos que envolvem a cadeia produtiva./ Além disso, as nossas agroindústrias, com a participação da Regional Alto Jacuí, estarão lá para mostrar a qualidade dos produtos da agricultura familiar, bem como acertar futuros negócios”, completou o dirigente. ///

STR`S VÃO EMITIR GUIAS DE TRÂNSITO ANIMAL/
A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (FETAG), assinaram um protocolo de intenções específicas para fomentar a emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA). Assinaram o documento o secretário Ernani Polo e o presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva./
Joel explica que logo após o governo publicar o convênio no Diário Oficial do Estado (DOE), o produtor deverá se dirigir a uma Inspetoria Veterinária para criar sua senha do Sistema de Defesa Agropecuária (SDA)./ Depois já poderá emitir as guias diretamente no Sindicato dos Trabalhadores Rurais./ “Não haverá mais necessidade de procurar a Inspetoria Veterinária mais próxima”, alertou./

Ao mesmo tempo, o secretário Ernani Polo disse que o protocolo firmado abre uma alternativa para os criadores que poderão optar entre dirigir-se ao STR ou à Inspetoria Veterinária./ “Até então, apenas a inspetoria emitia as guias fazendo com que os criadores, e alguns casos, tivessem que se deslocar até outro município. O novo modelo facilita e agiliza o processo”, completou.///

VEM AÍ A 9ª MOSTRA FLORES E 6ª FEIRA AGROINDUSTRIAL/
O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Flores da Cunha e Nova Pádua é uma das entidades promotoras da 9ª Mostra Flores e 6ª Feira Agroindustrial, que vai acontecer aos finais de semana entre os dias 24 de fevereiro a 25 de março, no Parque da Vindima Eloy Kunz, em Flores da Cunha./ O evento tem por finalidade fortalecer o setor agroindustrial e vinícola por meio da comercialização e divulgação em estandes, valorizando o setor agro na exposição./ 

O presidente do STR, Olir Schiavenin, destaca a participação de agroindústrias, inclusive na edição passada foram mais de 20 e outros 80 empreendimentos da mostra flores e feira agroindustrial, que conta com representantes de Flores da Cunha, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Antônio Prado e Ipê./ Todos estarão lá para colocar seus produtos à disposição dos mais de 50 mil visitantes esperados em cinco finais de semana./

No dia 17 de março está programado o 6° Seminário Agroindustrial, que tem como tema Energias Renováveis e Legislação Ambiental, cujo objetivo é capacitar e orientar os produtores através de palestras./ E no mesmo final de semana ocorre, ainda, a exposição de tratores e equipamentos agrícolas com lançamentos e novidades do setor direcionadas aos agricultores familiares.///

PRAZO PARA COMPROVAÇÃO DE VIDA NO INSS CHEGANDO AO FIM/
O prazo para que os beneficiários e beneficiárias do INSS façam a comprovação de vida para não ter o seu benefício junto ao INSS interrompido será encerrado no dia 28 de fevereiro./ Até o final do ano, cerca de 6,5 milhões de pessoas ainda não haviam feito o procedimento junto ao seu agente financeiro pagador. //

O prazo inicial era em 31 de dezembro de 2017./ No entanto, para evitar que um grande número de pessoas tivesse o benefício interrompido, o prazo foi prorrogado para 28 de fevereiro de 2018./ Não é necessário se dirigir a uma Agência da Previdência Social./ O procedimento é realizado diretamente no banco em que o(a) beneficiário(a) recebe o benefício./ Basta apresentar um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, entre outros).//
É importante destacar que essa comprovação de vida é obrigatória para todos os beneficiários e beneficiárias do INSS que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. / Os beneficiários e beneficiárias que não puderem se dirigir à agência bancária por motivo de doença ou por dificuldade de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS./
Quem não fizer terá o seu PAGAMENTO INTERROMPIDO./ Portanto, não deixe para a última hora./ Faça logo o procedimento./ Não comprometa o recebimento do seu benefício.///

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL É REAJUSTADA/
A Contribuição Sindical dos Agricultores e Agricultoras Familiares teve seu valor reajustado no início de 2018. / Previsto no art. 149 da Constituição Federal, na CLT (artigos 578 e seguintes) e no Decreto-lei 1166/71, a Contribuição Sindical é amparada legalmente, sendo que cada categoria contribui para o seu sindicato – dessa forma, os trabalhadores rurais também se enquadram nesta legislação. /

A Contribuição Sindical dos(as) Agricultores(as) Familiares é realizada para o Sistema Confederativo – CONTAG – FETAG e Sindicato dos Trabalhadores Rurais./ Ela é devida por toda a categoria, trabalhadores(as) ou empregados(as). / Ou seja, todos aqueles que são trabalhadores rurais e não possuem empregados e exercem a atividade rural, individualmente ou em regime de economia familiar, sendo proprietário, arrendatário, parceiro, meeiro ou comodatário./
Para a tesoureira geral da FETAG-RS, Elisete Hintz, a Contribuição Sindical é uma das formas de manter o Movimento Sindical atuante, forte e em constante luta para assegurar o direito dos agricultores familiares./ Elisete reitera que embora a Contribuição seja facultativa, é uma obrigação dos agricultores(as), pois quando da conquista de um benefício para a classe todos recebem as melhorias./
O valor da Contribuição Sindical da Agricultura Familiar referente ao exercício 2018 é de R$ 33,00 (trinta e três reais) por membro do grupo familiar. ///