Federação dos Trabalhadores na agricultura no Rio Grande do Sul

Informativo

INFORMATIVO N° 1.238

Informativo Fetag e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais// Um programa da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul e dos 316 Sindicatos filiados.// Transmitido em todo o Estado com informações para o trabalhador e a trabalhadora rural./

A VOZ DA FETAG/
www.fetagrs.org.br
O Programa A Voz da FETAG, que é gravado no estúdio de rádio na sede da Federação, em Porto Alegre, traz notícias e entrevistas todas as semanas./ Ele pode ser acessado no site www.fetagrs.org.br ///

AS NOTÍCIAS DA FETAG TAMBÉM ESTÃO NO FACEBOOK/
Curta a Página Oficial da FETAG-RS na rede social Facebook e tenha informações atualizadas sobre a Agricultura Familiar e o Movimento Sindical do estado e país. // Não perca tempo e curta a nossa página!///

TORRES: FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR TEM 57 EXPOSITORES/
Com um total de 57 expositores será inaugurada amanhã (31) a 6ª Feira Estadual da Agricultura Familiar, na Praça XV de Novembro, em Torres./ Com horário de funcionamento das 11h às 24h, a feira se estende até domingo, dia 4, e é organizada pela FETAG, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Torres, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Emater, Prefeitura Municipal e com o apoio do Sicredi./

Conforme Jocimar Rabaioli, assessor de Política Agrícola e Agroindústrias da FETAG, a feira, de certa forma, concretiza o projeto da existência de um evento da agricultura familiar na alta temporada do verão no Litoral, onde os turistas das mais variadas regiões e estados oportunizam o encontro do urbano com o rural./ Ele destaca, ainda, a importância da feira para o agricultor, pois possibilita mostrar o potencial e a qualidade das agroindústrias gaúchas./

Neste sentido, continua Rabaioli, a FETAG tem trabalhado forte, ao lado de seus parceiros, para que a feira em Torres seja mantida, por sinal uma reivindicação dos próprios associados dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais./ “O mercado no Litoral se tornou fundamental nesta época do ano, quando não acontecem outras feiras./ Diferentemente de outros eventos, aqui é somente a agricultura familiar em destaque./ É bom lembrar que nada menos do que 500 empreendimentos da agricultura familiar ligados à FETAG dependem exclusivamente das feiras. Portanto, quanto maior o número de eventos, melhor”, completa./ Os visitantes encontrarão produtos com procedência e qualidade, tais como geleias, pães, cucas, queijos, salames, vinhos, sucos, conservas e o artesanato do meio rural.///

SOUZA CRUZ REAJUSTA EM 2,2% O PREÇO DO FUMO SAFRA 2017/18///
Após inúmeras tratativas entre a representação dos produtores e empresas fumageiras, foi definido no dia 24 de janeiro o valor de reajuste para a safra de fumo 2017/2018 para a empresa Souza Cruz./ Em extensa reunião realizada em Santa Cruz do Sul saiu o acordo em aumento de 2,2% em relação à tabela do ano passado./ O reajuste só foi possível em função da Souza Cruz ter tabela única, na qual o percentual é corrigido para todas as classes./ Com as demais empresas fumageiras não houve acordo, sendo necessária uma nova rodada de negociações./

Para Nestor Bonfanti, vice-presidente da FETAG, a representação dos produtores esperava mais./ “Fomos para negociar um valor de reajuste maior, pois o agricultor necessita ter uma margem de lucro mínima na atividade./ Mas acreditamos que diante do atual cenário de retração de preços, o acordo foi positivo”.///

VEM AÍ A 9ª MOSTRA FLORES E 6ª FEIRA AGROINDUSTRIAL/
O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Flores da Cunha e Nova Pádua é uma das entidades promotoras da 9ª Mostra Flores e 6ª Feira Agroindustrial, que vai acontecer aos finais de semana entre os dias 24 de fevereiro a 25 de março, no Parque da Vindima Eloy Kunz, em Flores da Cunha./ O evento tem por finalidade fortalecer o setor agroindustrial e vinícola por meio da comercialização e divulgação em estandes, valorizando o setor agro na exposição./ 

O presidente do STR, Olir Schiavenin, destaca a participação de agroindústrias, inclusive na edição passada foram mais de 20 e outros 80 empreendimentos da mostra flores e feira agroindustrial, que conta com representantes de Flores da Cunha, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Antônio Prado e Ipê./ Todos estarão lá para colocar seus produtos à disposição dos mais de 50 mil visitantes esperados em cinco finais de semana./

No dia 17 de março está programado o 6° Seminário Agroindustrial, que tem como tema Energias Renováveis e Legislação Ambiental, cujo objetivo é capacitar e orientar os produtores através de palestras./ E no mesmo final de semana ocorre, ainda, a exposição de tratores e equipamentos agrícolas com lançamentos e novidades do setor direcionadas aos agricultores familiares.///

PRAZO PARA COMPROVAÇÃO DE VIDA NO INSS CHEGANDO AO FIM/
O prazo para que os beneficiários e beneficiárias do INSS façam a comprovação de vida para não ter o seu benefício junto ao INSS interrompido será encerrado no dia 28 de fevereiro./ Até o final do ano, cerca de 6,5 milhões de pessoas ainda não haviam feito o procedimento junto ao seu agente financeiro pagador./

O prazo inicial era em 31 de dezembro de 2017./ No entanto, para evitar que um grande número de pessoas tivesse o benefício interrompido, o prazo foi prorrogado para 28 de fevereiro de 2018./ Não é necessário se dirigir a uma Agência da Previdência Social./ O procedimento é realizado diretamente no banco em que o(a) beneficiário(a) recebe o benefício./ Basta apresentar um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, entre outros).//
É importante destacar que essa comprovação de vida é obrigatória para todos os beneficiários e beneficiárias do INSS que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. / Os beneficiários e beneficiárias que não puderem se dirigir à agência bancária por motivo de doença ou por dificuldade de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS./

Quem não fizer terá o seu PAGAMENTO INTERROMPIDO./ Portanto, não deixe para a última hora./ Faça logo o procedimento./ Não comprometa o recebimento do seu benefício.///

SINAL ANALÓGICO VAI SER DELISGADO AMANHÃ (31) DE JANEIRO///
A FETAG lembra que amanhã, quarta-feira, dia 31 de janeiro, o sinal analógico será desligado em Porto Alegre e outras 88 cidades no Rio Grande do Sul./ A partir desta data, só será possível assistir aos canais abertos com a TV digital./ Os principais benefícios são a qualidade de som e imagem./ As televisões em que aparecem um "A" de analógico durante a programação precisam ser substituídas ou instalado o conversor./

Mais de 430 mil Kits de TV Digital (Antena UHF, conversor digital e controle remoto) serão distribuídos gratuitamente no Rio Grande do Sul para beneficiários de programais sociais do governo federal./ Para ter direito ao kit, é necessário estar inscrito no Cadastro Único – CadÚnico – e a remuneração familiar não pode ser superior a três salários mínimos e ser beneficiário de algum dos seguintes programas:
Bolsa Família 2017; Minha Casa, Minha Vida; Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI); Bolsa Verde; Carteira do Idoso; Programa de Fomento às Atividades Produtivas; Programa Brasil Carinhoso; Pro Jovem Adolescente; Aposentadoria para Pessoa de Baixa Renda; Programa Nacional de Crédito Fundiário; Bolsa Estiagem; Programa Nacional de Reforma Agrária; Tarifa Social de Energia Elétrica./

O beneficiário pode solicitar o kit de duas formas:
1ª) Agendar pela internet no site www.sejadigital.com.br/kit;
2ª) Pelo telefone 147; ou
3ª) Se dirigir a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras).///

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL É REAJUSTADA/
A Contribuição Sindical dos Agricultores e Agricultoras Familiares teve seu valor reajustado no início de 2018. / Previsto no art. 149 da Constituição Federal, na CLT (artigos 578 e seguintes) e no Decreto-lei 1166/71, a Contribuição Sindical é amparada legalmente, sendo que cada categoria contribui para o seu sindicato – dessa forma, os trabalhadores rurais também se enquadram nesta legislação. /
A Contribuição Sindical dos(as) Agricultores(as) Familiares é realizada para o Sistema Confederativo – CONTAG – FETAG e Sindicato dos Trabalhadores Rurais./ Ela é devida por toda a categoria, trabalhadores(as) ou empregados(as). / Ou seja, todos aqueles que são trabalhadores rurais e não possuem empregados e exercem a atividade rural, individualmente ou em regime de economia familiar, sendo proprietário, arrendatário, parceiro, meeiro ou comodatário./
Para a tesoureira geral da FETAG-RS, Elisete Hintz, a Contribuição Sindical é uma das formas de manter o Movimento Sindical atuante, forte e em constante luta para assegurar o direito dos agricultores familiares./ Elisete reitera que embora a Contribuição seja facultativa, é uma obrigação dos agricultores(as), pois quando da conquista de um benefício para a classe todos recebem as melhorias./
O valor da Contribuição Sindical da Agricultura Familiar referente ao exercício 2018 é de R$ 33,00 (trinta e três reais) por membro do grupo familiar. ///